segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Por Lucas Morais
de Belo Horizonte, para o portal Diário Liberdade


A Polícia Militar de Minas Gerais, em mais uma demonstração de sua conduta higienista comandada e promovida pelo Prefeito Márcio Lacerda (PSB), reprimiu nesta sexta-feira (2) artistas e simpatizantes do movimento de Hip Hop auto-organizado embaixo do viaduto Santa Tereza, na região central da capital mineira Belo Horizonte.

A PM-MG, mais uma vez, veio acompanhada da TV Record, por volta das 22h30 da sexta-feira e, quando os participantes tentavam ir embora do local, policiais fortemente armados junto ao Juizado da Infância e Juventude cercaram a praça reprimindo o direito de ir e vir das pessoas ali presentes. Isto é, por mais de meia hora as pessoas ali presentes não puderam sair da praça pública, enquanto por quase uma hora os jovens participantes do Duelo de MC's foram abordados e revistados pelos policiais.

A TV Record foi a única emissora autorizada pela polícia para filmar ou fotografar a repressão, enquanto a Polícia Militar e o Juizado, que não se identificou para ninguém, não deram explicações sobre o por que da ação militar enquanto tentava impedir aqueles participantes que registravam com suas câmeras fotográficas e filmadoras a repressão higienista.

Muitos jovens foram levados a delegacias, revistados e agredidos verbalmente, num cenário de abuso de autoridade que vem sendo promovido pela administração de Márcio Lacerda à frente da Prefeitura de Belo Horizonte. Fruto de aliança do PT com o PSDB, a Prefeitura vem utilizando fartamente de seus agentes militares estaduais e municipais para reprimir movimentos populares, especialmente artesãos que comercializam seus produtos na Praça 7 e a juventude que se organiza no Duelo de MC's, que ocorre desde 2007 todas as sextas-feiras embaixo do famoso Viaduto do Santa Tereza, ao lado da Serraria Souza Pinto.

040911_duelo
040911_duelo2
040911_duelo3

LEIA TAMBÉM:
Tirem as mãos do Duelo de MC's!
Assine o abaixo assinado em defesa do Duelo de MC's

0 comentários:

Postar um comentário