sexta-feira, 23 de março de 2012


Sob o sistema capitalista a esmagadora maioria dos jovens da classe trabalhadora não tem garantido o direito universal à educação pública, gratuita, não-sexista, laica e de qualidade. No Brasil, a situação do ensino é caótica. Temos o maior índice de analfabetismo da América Latina (9,7%) além dos 30% de analfabetismo funcional. Os professores recebem uma miséria e realizaram greves em todo o país. As creches públicas ainda são miragens inatingíveis para as famílias pobres. As universidades privadas concentram 74% das vagas no país, cobrando mensalidades absurdas, enquanto as universidades públicas são intensamente sucateadas.

Aqui e em todo o mundo, estudantes lutam contra essa lógica de destruição do sistema de ensino em favor das grandes empresas. Mas qual são os limites dessas lutas nos marcos do capitalismo? E como superá-los?

Neste sábado, venha debater esses problemas com a Juventude do PSTU!

Marque presença no evento do Facebook: http://www.facebook.com/events/320877551301370/

0 comentários:

Postar um comentário