segunda-feira, 14 de maio de 2012


Dia 13 de Maio de 1888 - Abolição da Escravatura.
13 de Maio de 2012, Barreiro, BH – Um jovem negro é preso por cantar uma música.

O que temos a comemorar?

Por Matheus Costa Almeida, militante do PSTU-BH.

Militares detendo o rapper Emicida durante o show no Palco Hip-Hop

Março de 2012: Emicida de solidariza com o Pinheirinho
Nada. Diante do ocorrido nessa noite de domingo em Belo Horizonte, podemos dizer que nossa luta só está no inicio. O evento era o Palco Hip-hop, em sua segunda edição, onde vários artistas independentes de hip-hop da cidade estavam se apresentavam. Entre eles o Duelo de Mc’s, Mc Monge, Arezona e muitos outros, incluindo grafiteiros, Bboys e Dj’s. Tendo como fechamento do festival o rapper Emicida, já conhecido por seu apoio aos movimentos sociais e de luta por moradia.

O show começa e Emicida, de prontidão, manda uma mensagem de apoio a Ocupação Eliana Silva (que na sexta, dia 11, foi brutalmente desocupada pela PM-MG a mando da prefeitura), denunciando o papel da policia e dos políticos de fazer despejos de famílias humildes da periferia. Logo após da fala inicia seu show com a música Dedo na Ferida, que trata exatamente sobre esse tema. O show continua e quando menos se espera a Policia começa a subir no palco para prender Emicida por desacato.

Desacato? Pois essa era a pergunta que todos se faziam. Uma manifestação politica verbal sobre um fato ocorrido chamada de desacato? Os tempos da ditadura já não teriam passado? Pelo que parece não e a PM de Minas já está na busca de “elementos subversivos” por ai. E já tem o seu alvo, o mesmo de antes de 1888, o povo pobre e negro.
A repressão dos senhores de escravos foi substituída pela ação de polícias e milícias, que extermina jovens negros na periferia, buscando calar aqueles que denunciam a opressão.

Por fim, depois de muitas conversas para evitar que a policia interrompesse a apresentação, ao final do show, Emicida foi detido, encaminhado a uma delegacia e logo depois liberado. Para justificar a prisão a policia colocou no boletim de ocorrência frases que o cantor não disse, o que é comprovado por uma gravação do show
. E agora toda a mídia burguesa começa a atacar o artista e distorcer os fatos.


O fato ocorrido nesse 13 de maio somente desmascara a situação em que vivemos: Uma ditadura disfarçada de democracia. Onde quem tem voz são os ricos e empresários, enquanto o povo trabalhador não tem acesso aos mais básicos meios de vida e ainda é impedido de se expressar. Por isso é necessário organizar a resistência a esses ataques a liberdade de expressão e contra a criminalização da periferia. O movimento hip-hop é hoje uma expressão dessa resistência, e assim como os quilombos o foram no passado, é perseguido e criminalizado pelo governo e pela policia.


Lutemos por liberdade de expressão!
Viva a resistência do hip-hop!
Viva a luta do povo negro!

3 comentários:

  1. Texto tendencioso. Porque voces não colocaram a declaração da delegacia sobre o ocorrido?
    Esse texto tem o pior dos ares, que é o ar de manipulação. Lutemos por liberdade de expressão!
    Viva a resistência do hip-hop!
    Viva a luta do povo negro! Realmente isso é importante, mas a policia está na sociedade para fazer seu trabalho. Se havia crime no local a policia tinha que agir mesmo.

    ResponderExcluir
  2. E qual era o crime mateus?? o fato tá ai! o rapper se colocou contrário a uma ação da policia e por isso foi preso! E a PM tá só fazendo o seu trabalho msm, que é defender os interesses dos poderosos e atacar a periferia e os trabalhadores.. esse sempre foi o papel da policia militar!

    ResponderExcluir
  3. Mateus, de fato é importante basear qualquer denuncias em fatos e nesse caso as informações são bem fáceis de achar. Uma rápida pesquisa no google revela essas duas reportagens, onde a mídia (burguesa) disponibiliza o vídeo do que o MC falou e relata o que a PM teria colocado no BO.

    http://musica.terra.com.br/noticias/0,,OI5771861-EI1267,00-Emicida+detalha+frase+que+gerou+sua+detencao+rapper+nao+assina+BO.html
    http://www.dgabc.com.br/News/5957567/emicida-frase-dita-em-show-foi-mudada-no-bo.aspx

    ResponderExcluir